entre o cupido e dantalion

cansado de apagar
as faíscas dos teus
incêndios
e todo
esse
desejo
fascista

as grotescas
intenções
não
reveladas
competem
com
a
culpa
cultivada
em
matizes
erráticas

e
o teu
amor
é
pesado
desmedido
corrupto
e
altivo

porém
toda
forma
de
repressão
seduz
o
anarquista

e se um dia
estive nas
tuas mãos
nos teus
pés
e nas tuas
conjunções
hoje
fujo
à tua
vista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s