Boa nuit

A doença come o corpo em silêncio até diagnosticada

Seus maiores medos agonizam com o pesadelo do real

Corpo e alma são descartes da futura cólera penada

Logo tanto faz se naquele dia você foi bom ou mau

Não há prêmio de consolação ou de primeiro colocado

Não há mérito no seu argumento ético ou moral

Carne podre tem o mesmo cheiro por todo o lado

É a carne podre de qualquer animal

Fim das brigas, planos, competições e gozadas

Fim da loucura da crise maníaca sazonal

Fim do isolamento em dor ou das tardes enfastiadas

Fim do contrato derradeiro com Baal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s