a guerra pelo controle

vamos nadar
onde não
dá pé

falar de deus
onde não
há fé

beijar
com
gosto
de
bile

nos
despedir
antes
que
vire
crime

parece
amor
parece
interesse
mas o
céu
só é
azul
por
diversão

e
a osmose
dos nossos
vazios

dura
somente
o hematoma
de um
chupão

Um comentário em “a guerra pelo controle”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s