pesadelo e impotência

domingo de manhã
tomo
um café
bem forte
para afastar
de mim
esta angustiante
pulsão de morte

era você
de novo
quem
eu
tentava
evitar
desviava
o olhar
mas
sabia
que
estava


a boca seca
dos que
acordam
na madrugada
onírica
de
amores
mal
passados

não
lamento
estar
sozinho
lamento
ter
te
amado

e
ainda
amar
gar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s