agito

o poeta
acorda
indignado

faz do
vinho
vinhoto
do
amor
um
teatro

relê
todas
as
nuances
de
você

atropela
com
ódio
palavras
e
velas

há um
pentagrama
em sua
homenagem
no
meu
quintal

há um
anagrama
em
compostagem
na
tela
carnal

e a
brincadeira
derradeira
e
desesperada
da
ressignificação
transforma
cicatriz
em
tatuagem
desejo
em
paisagem
nudez
em
folhagem

Um comentário em “agito”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s